Conheça o Reator de Compostagem!
TELEFONE: 11 98544-7856

O Reator de Compostagem

É feito para processar de forma higiênica e rápida resíduos orgânicos gerados em Universidades, Escolas, Refeitórios Indústriais / Empresariais, Hotéis, Redes de Supermercados, HortiFrutis, Condomínios, Shopping Centers e todos os outros estabelecimentos que pagam para empresas privadas a coleta, transporte e disposição final de resíduos sólidos orgânicos. Também é uma fábrica de solos.

Redução:


  • Do custo com a coleta, transporte e disposição final destes materiais em locais nem sempre adequados;

  • De até 80% do volume do resíduo orgânico em 2 dias;

  • Da emissão de resíduos sólidos direto na fonte;

  • Da emissão de carbono na atmosfera dos aterros sanitários / lixões bem como do transporte necessário, feito por caminhões.

Benefícios:


  • Não exala mal cheiro;

  • Não atrai ratos, moscas e outros animais indesejáveis;

  • Não gera líquidos/chorume em quantidades acima que a máquina suporta na reinserção do líquido no processo;

  • Permite à instituição que utilizar este equipamento a melhorar a imagem através do Marketing Ambiental.

  • Agir em favor à geração de EcoEmpregos / EmpregosVerdes;

Como Funciona

Ganhos econômicos, ambientais e sociais.

Economia

Passando a existir este Plano de Gerenciamento de Resíduo Sólido (exigido pela Lei 12.305/10), o manejo correto dos resíduos gerados e destinação adequada reduz custos administrativos de coleta, transporte e disposição final em aterros, podendo fazer o equipamento se pagar em até no máximo 1 ano (dependendo da quantidade de resíduo gerado e redução nos custos relativos a coleta, transporte e disposição final dos resíduos).

Os resíduos recicláveis também passam a ter um melhor destino que pode contribuir na renda do estabelecimento com a venda dos resíduos, se não forem doados a cooperativas de catadores.

Meio Ambiente

Com este equipamento o estabelecimento processa o resíduo orgânico de forma higiênica, transformando-o em adubo/composto/solo, sem necessitar transportá-lo para outro local, o que reduz não só a emissão de Gases do Efeito Estufa (GEE) na disposição final do resíduo no aterro/ lixão como também da queima de combustível dos caminhões que circulam pela cidade e são necessários para transportar o resíduo, contribuindo para existência de congestionamentos.

Pode-se utilizar o vapor d'água e o CO2 que sai do processo de compostagem na aquaponia, fazendo assim com que o equipamento não libere nenhum gás na atmosfera, por reutilizar o gás como nutriente para geração de alimentos na água (aquaponia).

Sociedade

O adubo/ composto, que nada mais é que solo fértil, pode ser utilizado no estabelecimento que utilizar o Reator. Se não tiver área gramada/ vasos o suficiente para espalhar o adubo gerado, executa-se o recolhimento deste adubo que será utilizado para fomentar agricultura familiar, restauração de nascentes, produção de Produtos Florestais Não Madeireiros (PFNM) e Produtos Químicos Florestais Não Madeireiros (PQFNM) com Sistemas AgroFlorestais (SAFs) com frentes organizadas (acadêmicas e sociais) já especializadas neste tipo de trabalho. Coloca em prática também a Responsabilidade Socioempresarial (RSE).

Agrega valor ao estabelecimento por conta do estabelecimento assumir uma postura "amiga do meio ambiente", através do Marketing Ambiental.

Legalização

Elaborando o Plano de Gerenciamento de Resíduo Sólido e executando o correto manejo dos resíduos gerados, há o perfeito enquadramento junto à Política Nacional de Resíduo Sólido (Lei 12.305 de agosto de 2010) e seus Decretos Regulamentadores (7.404 e 7.405, de 23/12/2010).

Manutenção e Operação

A operação do Reator deve ser realizada por algum profissional com treinamento no equipamento e conhecimento em compostagem.

Observações Importantes

É necessário que haja uma liderança dentro do estabelecimento, para a criação do Sistema de Gestão Ambiental dos resíduos, que consista na elaboração do Plano de Gerenciamento de Resíduo Sólido (PGRS), especialmente orgânicos, implantando um sistema de coleta seletiva 'simplificada', onde se separa apenas o resíduo compostável (úmido) do reciclável (seco); este é o primeiro passo para que seja possível a utilização deste Reator de Compostagem Aeróbia e o devido encaminhamento do material reciclável para cooperativas de reciclagem, tornando até uma opção de responsabilidade social por parte do estabelecimento ou mesmo renda com isto.

É fundamental que o equipamento fique num local arejado.

Entre em Contato

Entre em contato através do telefone 11 98544-7856 ou preencha as informações abaixo: